24 de dez de 2016

OSCAR LÓPEZ RIVERA REFLETE SOBRE SUA SENTENÇA

Recorda o caso de cinco separatistas croatas que cumpriram menos tempo de prisão que ele.

Quando se debate a desproporção da sentença que está cumprindo, Oscar López Rivera recorda o caso de cinco independentistas croatas que colocaram uma bomba na Estação Grand Central em Nova York, que causou uma morte e um ferido, e sequestraram um avião e com destino a Chicago.

Assista o vídeo em http://www.elnuevodia.com/…/oscarlopezreflexionasobresusen…/

Lopez Rivera, que foi condenado por conspiração sediciosa e não foi acusado de causar dano a ninguém, já cumpriu 35 anos e seis meses nas prisões dos EUA por causa de suas ligações com o grupo clandestino Forças Armadas de Libertação Nacional (FALN).

Neste momento em que o presidente Barack Obama tem apenas 26 dias na Casa Branca, López Rivera ainda espera resposta ao seu pedido de clemência.

Dos cinco independentistas croatas, o tempo mais longo foi cumprido por Zvonko Busic, que esteve 32 anos na prisão. Já em liberdade, Busic cometeu suicídio em 2013.

A esposa de Busic, Julienne, cumpriu13 anos de prisão. Outro dos condenados, Frane Pesut, passou 12 anos na prisão.

Comunista

Em uma recente entrevista com o El Nuevo Dia, López Rivera considerou que nenhum cumpriu mais anos de prisão que ele, porque seus atos foram contra uma "Iugoslávia comunista".

Ele comentou que, inclusive "o juiz que me condenou disse que esperava que eu morresse na prisão."

Anteriormente, esse mesmo juiz condenou a outros militantes da FALN e havia dito que "se pudesse os condenaria à morte", acrescentou López Rivera. Esses comentários, disse López Rivera, "foram o suficiente para forçar a sua inibição".

O grupo de separatistas croatas sequestrou em 1976 o voo 355 da TWA 355 entre o aeroporto LaGuardia, em Nova Iorque e o Aeroporto Internacional O'Hare, em Chicago.

Ao anunciar o sequestro, o grupo anunciou que tinha uma bomba no avião e uma na Estação Grand Central. A suposta bomba que estaria no avião não passou de invenção e ainda alertaram sobre o artefato no famoso terminal de Nova York, um policial foi morto e outro ficou ferido tentando desativá-la.

Nos últimos dias, o ex-presidente dos Estados Unidos, Jimmy Carter, enviou uma carta a Obama para solicitar-lhe oficialmente que liberte López Rivera, que completará 74 anos em 6 de janeiro.
  
Fonte: ELNUEVODIA.COM

                                                                                 VENCEREMOS !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário