26 de out de 2016

OBAMA PODERIA TER USADO O VOTO DA ONU PARA PRESSIONAR O CONGRESSO ESTADUNIDENSE



Havana, 26 de outubro (RHC) - O presidente Barack Obama poderia ter usado seu voto nas Nações Unidas para pressionar o Congresso dos EUA e obter levantamento do bloqueio a Cuba, ponderou nesta quarta-feira um considerado estudioso das conversações entre as duas nações.

Peter Kornbluh, diretor do Projeto Cuba do Arquivo Nacional de Segurança Nacional, acredita que outra inquestionável aprovação na ONU da resolução cubana sobre a necessidade de pôr fim ao bloqueio, favoreceria a aspiração de Obama sobre esta questão.

"Eu gostaria que os 193 países da Assembleia Geral votassem em Cuba, incluindo os Estados Unidos, mas duvido que ocorra, comentou o autor do livro "Back Channel to Cuba", sobre as intenções de aproximação entre Washington e Havana.

O acadêmico ressaltou o triunfo sistemática da proposta cubana na votação anual sobre o bloqueio, mas observou que nos últimos dois anos tem sido em circunstâncias diferentes, em um processo de comunicação entre os dois governos.

Para Kornbluh, Obama não tinha que ter despachado sua recente ordem executiva para flexibilizar o comércio com Cuba, mas o fez porque seu interesse é acabar com o que Washington denomina como embargo, apesar de ser um bloqueio em qualquer lei.

Os Estados Unidos mantêm essa guerra econômica para asfixiar Cuba desde 1962, apesar da recusa sistemática da comunidade internacional, expressa na votação anual na Assembleia Geral da ONU.

Fonte: Radio Habana Cuba - Una voz de amistad que recorre el mundo

                                                                                    
                                                                 VENCEMOS !!! VENCEREMOS !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário